Escolha uma Página

Embreagem & Câmbio

Manutenção de embreagem & Câmbio

Funcionamento da Embreagem e do Câmbio

O que você precisa saber sobre a embreagem e o câmbio do seu carro para mantê-lo em pleno funcionamento.

O câmbio envolve um sistema de engrenagens com alavanca que permite ao condutor do automóvel trocá-las manualmente

Permite ao condutor escolher a marcha mais apropriada para o deslocamento do veículo

Atualmente temos três tipos de câmbio mais empregados no mercado: câmbio mecânico, câmbio automatizado e câmbio automático

Há também o sistema de sistema de transmissão, que é responsável pela transmissão de força, rotação e torque do motor até as rodas

O sistema de transmissão emgloba a embreagem

A embeagem é o dispositivo entre o motor e a caixa de marchas, o qual permite ligar e desligar o motor da transmissão, por meio de discos de fricção

Câmbio

É um sistema de engrenagens com alavanca que permite trocá-las manualmente, pela qual o motorista pode escolher a marcha mais apropriada para o deslocamento do veículo. Existem três tipos mais comuns de câmbio:

Câmbio mecânico que é o mais usado no Brasil, o qual permite ao motorista trocar as marchas com auxilio de um pedal de embreagem para  cortar a relação de motor e câmbio para suavizar o engate.

O Câmbio automatizado faz o mesmo papel, porém sem a presença do pedal de embreagem, uma vez que o sistema é robotizado.  O conjunto eletrônico  faz o acionamento da embreagem e a troca das marchas de acordo com a necessidade.

Câmbio automático é o que faz tudo sozinho, contando com algumas informações como: velocidade e rotação do motor para controle as trocas de marchas. Esse sistema utiliza um conversor de torque para que se tenha pressão de óleo suficiente dentro dele afim de fazer as trocas de marchas.

Atualmente existe outra tecnologia presente em alguns automáticos que são os câmbios CVT, que  dispensam o uso do conversor de torque.

Sistema de Transmissão

O sistema de transmissão é responsável pela transmissão de força, rotação e torque do motor até as rodas. Todo esse processo é realizado graças a diversos componentes que realizam um minucioso processo mecânico de transmissão. A força é gerada pelo motor e deve ser suficiente para fazer com que todos os sistemas funcionem em harmonia. As transmissões de força podem ocorrer nas quatro rodas ou em apenas um eixo.  A transmissão mais comum é a manual realizada pelo motorista na hora de trocar a marcha.

Funcionamento

Embreagem

A embreagem é formada pelo primeiro conjunto de componentes deste sistema.

É acionada pelo motorista no momento de trocar de marcha através do pedal de embreagem que está dentro do veículo.

Um cabo ou circuito hidráulico transmite o movimento do pedal até a embreagem.

O eixo primário é um componente que possui muitas engrenagens de tamanhos diferentes relacionadas ao eixo secundário, que determina a relação de saída para o diferencial.

A rotação e força do motor são transmitidas para o primário no momento em que a embreagem estiver acoplada.

Esta relação é estabelecida no momento de acionamento do pedal.

O próximo componente, conhecido como diferencial, é o responsável de diferenciar a rotação de saída para os lados.

 

Caso o motor do veículo esteja localizado na parte dianteira e a transmissão estiver na traseira, a rotação e força são transmitidas para o diferencia por um componente chamado cardã.

Agora o processo de funcionamento do sistema de transmissão está quase no terminando.

As saídas do diferencial serão transmitidas até as rodas do veículo com a utilização dos semi-eixos, que necessitam trabalhar com a suspensão e direção. Quando este processo termina, a rotação e torque chegam às rodas, possibilitando a movimentação do veículo.

CONTATO

(11) 4127-1077

Localização

Rua General Osório, 186
São Bernardo do Campo - SP

Email

contato@inacios.com.br

Whatsapp

(11)99485-5872

Atendimento

Seg: 7h - 18h
Ter: 7h - 18h
Qua: 7h - 18h
Qui: 7h - 18h
Sex: 7h - 18h
Sáb: 7h - 12h
Dom: Fechado

DEIXE A SUA MENSAGEM

WhatsApp chat